PULGAS em Cachorros | Como ELIMINAR

Pulgas em Cachorros 4 1024x683 - PULGAS em Cachorros | Como ELIMINAR
Pulgas em Cachorros, Livre-se delas

Pulgas em Cachorros | Não tem jeito: todo tutor vai ter que, eventualmente, lidar com pulguinhas em seu cão. Esses parasitas desagradáveis, além de incomodar os pets, também podem causar diversas doenças. Saiba como matar pulgas e proteger de uma vez por todas o seu peludo!

Embora muita gente saiba que antipulgas são grandes aliados, existem tantas opções disponíveis, que é comum ficarmos em dúvida sobre como matar as pulgas de forma mais eficiente. A seguir, veja algumas dicas e saiba mais sobre os principais métodos de prevenção e combate ao problema.

Pulgas em Cachorros 2 1024x683 - PULGAS em Cachorros | Como ELIMINAR
Importante para o convívio e seu ambiente

Afinal, como funcionam os antipulgas?

Nada de espremer esses bichinhos malvados um a um. Entre os especialistas, o consenso é que os antiparasitários são os métodos mais seguros e eficientes de como acabar com pulgas. Agindo de maneira rápida, eles chegam a matar até 99% das pulgas em 4 horas. Mas você já se perguntou como eles funcionam?

Segundo o médico-veterinário da Petz, Dr. Marco Duarte Oliveira, os antipulgas atuam de duas formas: tópica, que age de forma externa, e sistêmica, quando a substância é absorvida.

“A mais comum é a medicação tópica, que espalha a substância que combate às pulgas sobre a pelagem”, diz o especialista.

Já na forma sistêmica, o antipulga, aplicado na pele ou ingerido na forma de comprimido, é absorvido pelo organismo e chega à corrente sanguínea. “Ao se alimentar do sangue, o parasita entra em contato com a medicação e morre”, explica o Dr. Marco.

Confira a seguir, os principais tipos de antipulgas e descubra em que situações eles são mais indicados:

Pipeta

É um dos métodos mais conhecidos e utilizados para matar pulgas. Prática e eficiente, ela pode agir das duas maneiras: tópica ou sistêmica. Isso vai depender da marca escolhida.

Geralmente, o conteúdo da pipeta deve ser colocado na nuca do cachorro, para impedir que ele possa lamber. Algumas pipetas também possuem efeito repelente de mosquitos. Por isso, são muito recomendadas para evitar doenças transmitidas por esses insetos, como a dirofilariose e a leishmaniose.

Comprimido

Outro método bastante utilizado, o comprimido atua de maneira sistêmica, matando as pulgas quando elas sugam o sangue do cachorro. Ele é recomendado, especialmente, para pets que tomam banho com frequência. Por agir de dentro para fora, o banho não vai atrapalhar sua eficácia.

Hoje é mais fácil dar comprimidos aos cachorros, porque há várias opções com sabores agradáveis. Mas, se seu amigo apresentar dificuldade para ingerir o remédio, uma dica é misturá-lo em uma porção de ração úmida.

Pulgas em Cachorros 3 1024x492 - PULGAS em Cachorros | Como ELIMINAR
São diversos métodos de cuidados

Coleira

Elas funcionam de maneira similar à pipeta tópica: espalham o remédio sobre a pele do cachorro e, dessa maneira, atingem as pulgas. Na hora de escolher a coleira, um cuidado essencial é levar em conta o tamanho do animal.

Isso, porque ela deve ter a quantidade certa de remédio, para não intoxicar seu amigo. Além disso, fique atento à validade do produto! Para serem eficazes, as coleiras devem ser trocadas de acordo com as orientações de cada fabricante.

Shampoo

Embora não atuem de forma preventiva, os shampoos antipulgas também são métodos eficientes para acabar com os parasitas. Hoje, é possível encontrar no mercado alguns com o efeito “knock down”, ou seja, que matam e derrubam as pulgas durante o banho, deixando seu amigo limpo e livre de parasitas imediatamente.

Ao manusear o produto, tome cuidado para que ele não entre em contato com as mucosas do animal ou seja ingerido. Também não esqueça que as pulgas podem estar no ambiente e, por isso, você deve aplicar um produto de longa duração depois do banho, para manter o pet sem parasitas.

Como evitar uma nova infestação de pulgas em cachorros

Além dos remédios, é importante tomar outros cuidados, como eliminar pulgas do ambiente do animal. Essa precaução é essencial para garantir que seu amigo fique livre de reinfestações.

“Vale lembrar que 95% desses parasitas vivem no ambiente, na forma de ovos, larvas e pupas. Essa fase do ciclo de reprodução das pulgas leva em torno de 140 dias a 160 dias”, diz o Dr. Marco Duarte Oliveira.

Além da limpeza regular, existe ainda a possibilidade de se colocar veneno no ambiente. Mas, atenção: isso só deve ser feito com orientação de um veterinário ou de uma empresa especializada em eliminar pragas.

Prevenção: o melhor remédio

Para evitar que seu amigo não sofra com pulgas, o melhor caminho é a prevenção. Dessa forma, você garante que o pet não tenha novas infestações e ficará bem mais tranquilo.

Pulgas em Cachorros 1 1024x683 - PULGAS em Cachorros | Como ELIMINAR
Prevenção é a chave

E converse com o seu veterinário! Ele é a pessoa mais indicada para orientá-lo sobre o método mais adequado e eficiente para seu filho de quatro patas. 

Se tiver Dúvidas ou quiser saber mais ENTRE EM CONTATO com a Dogues Love!

Siga nosso Instagram: @DoguesLove

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *